Notícias

ENTREVISTA: Ex-coordenadora geral da Educação Infantil (MEC) integra equipe Avante

03/09/19 15:07 - Notícias

3 de setembro de 2019

Karina Rizek acumula história na defesa dos direitos da primeira infância. Psicóloga, iniciou sua trajetória na Educação Infantil como auxiliar de sala e não parou mais. Com experiência em execução e coordenação em gestão e formação de educadores do segmento, atuou como coordenadora geral da Educação Infantil do MEC por três anos (2004 a 2007). Esse ano, a paulistana ancora em Salvador e assume a coordenação da tecnologia de Formação continuada na Educação Infantil em Paulista (PE), do Programa Melhoria da Educação do Itaú Social, em parceria com a Avante – Educação e Mobilização.

A iniciativa tem como objetivo a estruturação, implementação, monitoramento e sustentabilidade de ações formativas que contribuam para a melhoria das práticas pedagógicas no segmento, considerando as diferentes realidades e demandas das redes municipais, em consonância com os documentos norteadores nacionais.

A metodologia da formação tem como fundamento a “formação contínua centrada na escola”, que considera as dimensões pessoal e profissional dos educadores e a escola como um lócus privilegiado de aprendizagem, onde os professores aprendem a profissão a partir do diálogo entre teoria e prática, tendo as práticas pedagógicas como objetos de análise, e por objetivo instaurar ou fortalecer a cultura reflexiva nas escolas e redes.

Karinna nos concedeu uma entrevista sobre essa nova etapa de sua vida. Leia na íntegra.

Quais suas expectativas em relação a essa chega na Avante e ao Projeto em Paulista?

KARINNA RIZEK – Estar dentro da Avante é muito bom para mim, temos um namoro de 15 anos, então, desejo aprender muito e também proporcionar aprendizagem.

Em relação a Paulista, encontramos pessoas comprometidas em pensar a Educação, em mobilizar e fazer as coisas acontecerem, uma equipe consciente da sua fragilidade e uma rede que, na prática, busca estar cada vez mais próxima do ideal. Para isso, faz-se necessário uma alinhamento em relação às atuais concepções de Educação Infantil e, para isso, acreditamos no fortalecimento da cultura de formação permanente, em serviço.

O nosso objetivo é realizar a formação com os gestores, supervisores e professores in loco, no chão da escola. Trabalhamos com formação local, produção de guias EAD, monitoramento e também compartilhamento de conhecimento. Na proposta da tecnologia a gente cria pautas de formação para os educadores de Paulista, e com essa experiência pensamos em inspirar educadeores do Brasil.

Já há alguma diretriz de como a experiência construída em Paulista será levada para o Brasil.

KARINNA RIZEK – A partir da experiência que estamos construindo em Paulista e dos conhecimentos que os envolvidos na iniciativa possuem serão criados cursos EAD e guias que apoiam as redes municipais brasileiras como, por exemplo, gua de formação e de diagnóstico da situação da Educação Infantil no município. Esse é um movimento muito importante para apoiar as redes a partir dos pressupostos e orientações práticas da própria BNCC [Base Nacional Comum Curricular]

Como aconteceu seu encontro com a Avante?

KARINA RIZEK – Em 2004 o UNICEF tinha o projeto Família Brasileira Fortalecida (FBF), que Maria Thereza [Marcilio, presidente da Avante] ajudou a construir. Conheci a Avante em um dos encontros desse Projeto, posteriormente convidei a Thereza para fazer parte do ProInfatil, na equipe de formadores e depois Mônica Sâmia, consultora associada da Avante, também passou a colaborar com o Projeto. Tínhamos produção de material e a própria execução das formações.

Em 2009 participei do Paralapracá gravando vídeos para o material do Programa. Anos depois, pelo Instituto Natura, onde eu estava atuando, a Avante se tornou um braço do projeto Comunidade de Aprendizagem, que acontecia em todo o Brasil. Em outro momento convidei a Maria Thereza pra participar de um hang out sobre o Paralapracá, dentro da plataforma Conviva Educação. Sempre tive muita admiração pela Avante, pela história da Thereza e da instituição, então, agora, em 2019, elas me fizeram o convite para produzir conteúdo para o E Programa Melhoria da Educação. Em julho assumi, de fato, como coordenadora da Tecnologia de Formação continuada na Educação Infantil em Paulista (PE), do Programa Melhoria da Educação. Tenho um alinhamento conceitual muito grande com a Avante, então sempre tive essa vontade de estar mais dentro.

Você tem uma experiência acumulada com formação de educadores da Educação Infantil. Fale um pouco de sua trajetória.

KARINA RIZEK – Eu comecei minha vida profissional já estagiando em uma escola de Educação Infantil. Eu trabalhava como auxiliar de professores, posteriormente como professora e assistente de coordenação. Estava ali aprendendo essa parte mais administrativa também. Paralelamente, comecei a trabalhar com formação de professores na Escola de Educadores, do Instituto Avisa Lá e em programas de redes públicas. Algo que acontecia em São Paulo, mas que depois observamos que se repetia em todo Brasil, era que as auxiliares de desenvolvimento da Educação Infantil não tinham a formação mínima exigida pela nossa legislação (Magistério – 2003).

Ainda para trabalhar com formação de educadores fui convidada a trabalhar no Ministério da Educação, como coordenadora geral da Educação Infantil, onde constituímos a Política Nacional de Educação Infantil, fizemos oito seminários por todo o Brasil, com mais de 300 secretários em cada um, instituímos os parâmetros de estrutura e qualidade para as instituições do segmento. Um ponto importante da minha gestão foi a implementação do ProInfantil, observamos que muitos profissionais não tinham a formação adequada e determinada pela legislação. Havia a necessidade de oferecer essa formação e de colaborar para a melhoria das estruturas das escola.

Posteriormente fui gerente de projetos do Instituto Natura, Quando coordenei a implementação do Projeto Trilhas, em 3300 municípios e depois compus a equipe de concepção e implementação do Conviva Educação, entre outras ações.