Notícias

Vozes da Cidade mobiliza a comunidade da Prefeitura-bairro Pituba/Barra

30/04/15 17:24 - Notícias

30 de abril de 2015

Vozes da Cidade mobiliza a comunidade da Prefeitura-bairro Pituba-BarraOs conselheiros e líderes comunitários que fazem parte da área de abrangência da Prefeitura-bairro Pituba/Barra demonstraram disposição em mobilizar suas comunidades em torno do projeto Vozes da Cidade: crianças e adolescentes participando da construção de Salvador, durante reunião realizada no dia 28 de abril, no Rio Vermelho. Na ocasião, o projeto foi apresentado, dando aos representantes dos bairros a oportunidade de conhecê-lo melhor e tirar dúvidas. A reunião organizada pelo subprefeito Raimundo de Castro Pereira e o presidente do Conselho Comunitário, Flavio de Paula, contou coma presença de Rodrigo Alves, presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), uma das instituições realizadoras do projeto.

A receptividade dos conselheiros e líderes comunitários demonstrou que o objetivo de mobilizá-los e sensibilizados para as etapas do projeto foi alcançado com a apresentação, realizada na Paróquia de Santana. O presidente do Conselho Municipal, Flavio de Paula, mostrou-se encantado pelas ideias trazidas pelo Vozes da Cidade. “Acho esse objetivo de trazer as crianças e adolescentes para participarem da vida política da cidade, uma beleza”, ressaltou. A conselheira da Associação de Moradores e Amigos da Barra (AMA), Regina Martinelli Serra, também fez elogios ao projeto antes de tirar algumas dúvidas, que foram dirimidas pela equipe do Vozes da Cidade.

Para empolgar ainda mais os presentes, que demonstraram interesse em se engajar ao projeto, o presidente do CMDCA, Rodrigo Alves, que também é conselheiro do Conselho Comunitário Pituba/Barra, lembrou aspectos importantes do Vozes da Cidade. “Vivemos em uma das maiores capitais do país e não temos um diagnóstico sobre a situação das crianças e adolescentes, e o projeto vai nos dar este importante instrumento”, ressaltou.

Ele lembrou que o CMDCA tem um orçamento que acaba sendo subutilizados por falta de projetos de qualidade voltados para esse público. “Como se pode fazer bons projetos para crianças e adolescentes se não se conhece suas realidades?”, acrescentou. Aproveitando o interesse demonstrado pelos conselheiros e lideranças, Rodrigo Alves conclamou-os a participar da etapa atual do Vozes da Cidade, que é o mapeamento dos coletivos de crianças e adolescentes, em suas comunidades. “É uma oportunidade que temos de mudar uma realidade inaceitável, e transformar Salvador em uma cidade amiga das crianças e adolescentes, dando a elas os direitos que lhes pertencem”, completou.

Vozes da Cidade é um projeto inscrito na iniciativa do UNICEF Plataforma dos Centros Urbanos (PCU), que está acontecendo em mais sete capitais do país. Tendo a Avante-Educação e Mobilização Social como parceira técnica local, o projeto é uma realização conjunta da Prefeitura Municipal de Salvador, do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e do UNICEF.