Notícias

Tece e Acontece capacita conselheiros de 13 munícipios baianos

17/10/13 10:11 - Notícias

17 de outubro de 2013

Tece e Acontece capacita conselheiros de 13 munícipios baianos_Notícia2Boas práticas e a Articulação com a Rede Estadual Primeira Infância foi tema dos Seminários que aconteceram com a participação de conselheiros de 13 municípios do interior da Bahia que fazem parte do projeto Tece e Acontece. O objetivo do projeto é fortalecer as relações entre os conselhos e apresenta-los o Plano Municipal pela Primeira Infância (PMPI) e a Rede Estadual Primeira Infância (RNPI).

O evento aconteceu entre os dias 10 e 12 de setembro em Senhor do Bonfim, e entre os dias 24 e 27 de setembro em Porto Seguro. No seminário de Porto Seguro estiveram presentes conselheiros de Santa Cruz de Cabrália, Eunápolis,  Itabuna, Teixeira Freitas e Cordeiros. Já em Senhor do Bonfim, participaram os representantes de América Dourada, Pindobaçu, Juazeiro, Jacobina e Nova Fátima. Participaram os Conselheiros Municipais de Educação, Tutelares, de Direito da Criança e do Adolescente, de Assistência Social e da Saúde atendidos pelo projeto Tece e Acontece.

O Seminário faz parte da segunda etapa do projeto, que é executado pela Avante – Educação e Mobilização Social, por meio da Linha de Mobilização e Controle Social, em parceria com o Santander. Nesta etapa os conselheiros tiveram informações sobre o papel e atribuições dos conselhos, as necessidades e direitos da primeira infância e os parâmetros de qualidade da educação infantil.  O momento foi de integração e troca de experiências entre o municípios, bem como de articulação Inter setorial para elaboração dos Planos de Ação Articulada (PAA) e planejamento das estratégias para elaboração do Plano Municipal de Primeira Infância (PMPI) voltados a direcionar as ações municipais e a implementação dos direitos da Primeira infância no Município.

Tece e Acontece capacita conselheiros de 13 munícipios baianos_Notícia

O Tece e Acontece teve inicio em 2012 após a realização da pesquisa “O olhar dos Conselhos sobre a Educação Infantil” que captou, analisou e sistematizou os olhares dos Conselhos Municipais de Educação e o da sociedade civil sobre a situação deste mento. O diagnóstico evidenciou a necessidade de fortalecer a promoção do direito, bem como o controle social em relação à aplicação dos recursos nesta etapa da educação.