Notícias

REPI-BA forma Grupo Gestor

04/09/13 17:04 - Notícias

4 de setembro de 2013

REPIBA forma Grupo Gestor

A fim de estruturar formalmente a Rede Estadual Primeira Infância Bahia (REPI-BA), foi realizada, no dia 19 de agosto, no Espaço Xisto Bahia, a Assembleia Constitutiva da Rede.

A reunião, articulada pela Avante – Educação e Mobilização Social, contou com a presença de organizações das esferas públicas, civis e sociais, que apresentaram suas candidaturas para participar do primeiro Grupo Gestor e para gerir inicialmente a secretaria executiva da rede estadual.

Mediante processo democrático de votação o grupo gestor foi formado pelas seguintes instituições: Rede Não Bata Eduque, Secretaria Municipal de Educação de Salvador, Associação Santa Luzia, Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia e o Fórum Baiano de Educação Infantil. A Avante foi escolhida como a Secretaria Executiva da REPI – BA.

“Ficamos super felizes, sobretudo porque entre os membros do Grupo Gestor temos representação do poder executivo, associação comunitária, fóruns e redes e até uma rádio pública”, comemorou Ana Marcílio, coordenadora da Linha de Formação para Mobilização e Controle Social da Avante e também coordenadora do projeto Primeira Infância Cidadã (PIC), cujo um dos objetivos é formar a rede na Bahia. Também participaram desse encontro a Secretaria Estadual de Cultura, a Secretaria Municipal de Educação de Camaçari e a Frente Parlamentar Mista da Infância e Adolescência, sob a coordenação da Senadora Lídice da Mata.

Na assembleia ficou acordada uma agenda rápida de articulações estaduais. Além disso, foi composta uma lista de compromissos com a educação infantil no estado: expansão e qualidade da oferta; o foco na primeira infância livre do racismo; enfrentamentos étnicos raciais baianos; assim como a oferta cultural para a faixa etária.

Com os avanços nas articulações, o lançamento oficial da REPI-BA está previsto para o final de outubro. “Assim que fecharmos a programação compartilharemos o convite e esperamos contar com o apoio de todos que se interessam pelas causas que envolvem a primeira infância”, anunciou Ana Marcílio.