Notícias

Renovação de votos e compromissos

31/03/16 14:29 - Notícias

31 de março de 2016

Renovação de votos e compromissosEntre os dias 9 e 17 de março, a Avante – Educação e Mobilização Social e o Instituto C&A cumpriram agenda de repactuações do projeto Paralapracá com membros das secretarias de Educação dos cinco municípios que participam da ação: Camaçari (BA), Maceió (AL), Maracanaú (CE), Natal (RN) e Olinda (PE).

As repactuações marcam o início da nova etapa do projeto, que se dará entre 2016 e 2017 e que contempla duas grandes metas: garantir a sustentabilidade das ações e dos princípios do projeto Paralapracá na política de educação infantil das redes municipais de ensino e colaborar com a continuidade dessa política no contexto de transição da gestão municipal.

“Esta proposta de continuidade do projeto é fundamental, especialmente porque neste ano teremos eleições municipais, que podem acarretar grandes mudanças nas secretarias. Com um projeto estruturado, a chance de descontinuidade é menor”, afirma Patrícia Lacerda, gerente da área Educação, Arte e Cultura do Instituto C&A em nota publicada no site da organização. Patrícia e Janine Schultz, coordenadora do programa Educação Infantil, representaram o Instituto C&A nas repactuações.

As repactuações são encontros que selam os compromissos entre os parceiros, ao mesmo tempo que promovem uma discussão em torno dos resultados e aprendizados verificados nas atividades de monitoramento e avaliação do projeto. O trabalho de avaliação do projeto Paralapracá é desenvolvido pela consultoria Move.

Com o propósito de promover a sustentabilidade das ações do Paralapracá nos municípios, Patrícia explica que o projeto está adotando estratégias de implantação específicas para a realidade de cada cidade parceira, além de ações comuns a todas as redes. Entre estas ações está o apoio à aproximação das equipes de educação infantil das secretarias com as equipes responsáveis por outras etapas de ensino no município.

“É importante que as equipes de educação infantil busquem uma proximidade com o grupo de ensino fundamental, por exemplo, para pensar a transição de uma etapa de ensino para outra e possíveis contribuições”, exemplifica Patrícia.

Os acordos e alinhamentos definidos durante as jornadas de repactuação recém-realizadas envolveram os principais formuladores de políticas públicas que influenciam a agenda da educação infantil nos municípios. Tais acordos darão origem a termos de cooperação que serão assinados pelos municípios parceiros do projeto Paralapracá em breve.

Fonte: Site Paralapracá.