Notícias

Rede Municipal de Maceió avança no movimento para elaboração de currículo

19/01/15 11:11 - Notícias

19 de janeiro de 2015

Rede Municipal de Maceió avança no movimento para elaboração de currículoEm agosto desse ano, a Rede Municipal de Educação de Maceió iniciou um movimento de grande importância para a Educação Infantil local: a elaboração de uma proposta curricular para o segmento. A iniciativa surge no fluxo das ações do projeto Paralapracá que propõe uma reflexão sobre currículo e concepção da Educação Infantil por meio do incentivo à exploração de linguagens como brincadeiras, artes visuais, literatura e música.

Para a gerente de Educação Infantil, Angelina Araújo, a elaboração do currículo para a Educação Infantil de Maceió está relacionada, entre outras coisas, ao projeto político que o Paralapracá levou para o município. Ela afirma ainda que o cenário de valorização do segmento tem como base a união dos interesses da gestão municipal e da equipe da secretaria em proporcionar uma Educação Infantil de qualidade. “Temos uma secretária municipal, Ana Deyse, que prioriza esse segmento e está atenta ao projeto político proposto pelo Paralapracá. Além disso, há um forte querer da equipe da secretaria em ver esse movimento acontecer”, diz.

O Paralapracá oferece propostas pedagógicas que façam sentido para as crianças, de maneira que elas possam questionar o mundo à sua volta e entender as relações sociais em que vivem. E foi no fluxo dessas ideias que a rede municipal deu início uma série de encontros para elaboração do documento.

O primeiro passo foi a realização de um Seminário que contou com a participação da coordenadora-geral de Educação Infantil do Ministério da Educação (MEC), Rita Coelho. A escuta da coordenadora do MEC fortaleceu a decisão da secretaria de investir no envolvimento dos principais atores ligados à gestão escolar, o que deu início a um Ciclo de Seminários para Elaboração das Orientações Curriculares da Educação Infantil, que no mês de novembro (2014) chegou a sua 5ª e 6ª edições.

O projeto Paralapracá é uma ação do programa Educação Infantil do Instituto C&A que visa contribuir para a melhoria da qualidade do atendimento às crianças na educação infantil, com vistas ao seu desenvolvimento integral. O projeto se desenvolve em aliança com secretarias municipais de Educação e possui dois âmbitos de atuação: a formação continuada de profissionais de educação infantil e o acesso a materiais de uso pedagógico de qualidade, tanto para crianças quanto para professores. A iniciativa é implementada em parceria técnica com a ONG Avante – Educação e Mobilização Social, de Salvador (BA). Integram o segundo ciclo do projeto cinco municípios: Camaçari (BA), Maceió (AL), Maracanaú (CE), Natal (RN) e Olinda (PE).

Seminários

O Ciclo de Seminário conta com a participação de coordenadores pedagógicos, diretores e técnicos da Secretaria Municipal de Educação (SMED). A 5ª edição do evento trouxe para a discussão a professora Marina Zaffoli, da Escola de Riccione (Itália), que falou sobre a abordagem curricular da escola onde atua. Já a 6ª edição abordou a jornada e o planejamento na Educação Infantil, com a pedagoga e pesquisadora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRS), Maria Carmen Barbosa. Ambas realizadas no último mês de novembro (2014), no auditório da SME.

“O ciclo de Seminários está sendo de extrema importância porque estamos trazendo diretores e coordenadores pedagógicos para compartilhar concepções de infância e diferentes abordagens sobre o currículo na Educação Infantil no Brasil e no mundo. Cada um desses pesquisadores possuem estudos aprofundados sobre os temas”, diz Angelina Araújo, gerente de Educação Infantil do município.

Angelina Araújo conta que ao final de cada Seminário são promovidos debates com esses atores. “É um movimento que está vindo com força. E é a partir dessas discussões que será construído o documento. Nós estamos, na verdade, seguindo a orientação de Rita Coelho (MEC), que ressaltou que não podemos implantar uma diretriz sem a participação de todos”, comenta.

De acordo com a gerente de Educação Infantil, ao final desse Ciclo de Seminários será elaborado o documento e então se iniciará um novo Ciclo de palestras, agora voltados agora para a implementação, e envolverá professores e coordenadores pedagógicos.

No ciclo já foram abordados os temas Roda de História, As Linguagens das Crianças e as Diretrizes e Pedagogia de Waldorf. E ainda serão trabalhados A Jornada das Crianças e o Planejamento, Corpo e Movimento – Dança na Escola e A Indissociabilidade na Escola Entre o Cuidar e o Educar. O evento é uma promoção do departamento de Educação Infantil da SEMED em parceria com a Universidade Federal de Alagoas (UFAL).