Notícias

Projeto Ser Brincante assegurando o direito ao brincar em Brumado (BA)

22/05/18 09:24 - Notícias

22 de maio de 2018

Numa união de esforços e recursos o brincar está sendo incluído paulatinamente no planejamento das creches municipais de Brumado (BA), beneficiando 350 crianças. Esse é um dos resultados do projeto Ser Brincante, parceria entre a Avante – Educação e Mobilização Social, o Instituto InterCement e o Comitê de Desenvolvimento Comunitário (CDC) do município. A ação foi iniciada em fevereiro desse ano por meio de seminário e encontros formativos, mensais, que vêm sensibilizando e mobilizando agentes do Sistema de Garantia dos Direitos da Criança e do Adolescente (SGDCA) para a garantia do direito do brincar.

Para além dos muros das creches, o direito ao brincar vem chegando à sociedade, ao poder público e instituições religiosas. Oficinas de construção de brinquedos, por exemplo, foram realizadas no espaço da igreja Batista para 87 crianças e adolescentes e oito idosos. O Brincar entrou como tema da Semana do Bebê do município e tornou-se tema em reuniões e atendimento às famílias pelas Secretarias da Educação, Assistência e Saúde.

A Avante retorna ao município no dia 13 de junho e nos próximos encontros formativos promoverá adensamento teórico sobre o direito ao brincar, previsto em diversos documentos brasileiros como o ECA e o Plano Nacional Primeira Infância (PNPI/RNPI); sobre a importância do brincar para o desenvolvimento e aprendizagem das crianças; além de promover trocas de experiências entre os participantes.

No seminário (http://www.avante.org.br/1-brumado-promove-formacao-de-profissionais-para-garantir-o-direito-ao-brincar/) realizado em fevereiro, e que iniciou o ciclo formativo no município, Adelson Murta, mais conhecido como Adelsin, artista plástico e pesquisador, que desenvolve trabalhos de observação e valorização da cultura da criança, envolveu agentes do SGDCA (famílias, CRAS, CREAS, NASF, SUAS, PSF, creches, coordenação da Educação Infantil no município, Conselho Tutelar, Pastoral da Criança,) numa viagem às boas memórias de infância, quando o brincar era a atividade mais importante de cada um dos participantes.