Notícias

Novo olhar sobre o lugar da criança transforma CMEI Waldeck Ornelas

13/08/19 08:48 - Notícias

13 de agosto de 2019

Garantir a criança no centro do Projeto Pedagógico da instituição foi o desafio identificado pela equipe de educadores do CMEI Waldeck Ornelas, localizado no bairro de Cajazeiras (Salvador – BA). O desafio gerou o Plano de Mudança da instituição, na busca por melhor atendimento às crianças, a partir do diálogo entre a dupla gestora do CMEI e a formadora da Avante – Educação e Mobilização Social, durante a Formação in loco – no chão da escola. O diálogo revelou a necessidade do CMEI Waldeck Ornelas apropriar-se das publicações do programa Nossa Rede Educação Infantil e usá-las como suporte para o planejamento das atividades e promoção de mudanças no ambiente da instituição.

As publicações foram revisitadas durante os encontros realizados no CMEI e, sob mediação de Flávia Mendes, formadora da Avante, as gestoras da instituição e uma professora, convidada a realizar um piloto da experiência, passaram a utilizar o tempo dedicado à AC (atividade complementar) para estudos dessas publicações, com intuito de promover novas posturas na relação com as crianças e o espaço.

As publicações do Nossa Rede Educação Infantil foram elaborados, ao longo de três anos, por meio de processo colaborativo promovido pela Avante envolvendo diversos atores da Rede, desde pais e responsáveis, a gestores da secretaria. Hoje, instituições que atuam na Educação Infantil contam com materiais para crianças, professores, familiares, gestores; além do Referencial Curricular da Educação Infantil. Esses materiais estão alinhados com os principais marcos legais brasileiros como a Constituição Federal/1988 e a LDB (Lei de Diretrizes e Base da Educação – art: 61 e 67) e agora, mais recentemente, a Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

Reflexão da prática

As Formações in loco foram realizadas nas escolas que atendem a Educação Infantil e CMEI que se voluntariaram para implementar o processo de mudança a partir da reflexão da prática pedagógica. A iniciativa é uma das ações formativas implementadas pelo projeto de Formação de Formadores, realizado pela Avante em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de Salvador (SMED), do final de 2018 a julho de 2019.

A professora Diane de Jesus, convidada a ser professora piloto da formação in loco, afirma que os diálogos e reflexões realizados na instituição ajudaram à equipe do CMEI a entender que um processo educativo integrado envolve toda instituição, da portaria, ao momento da merenda. Ela conta, por exemplo, que uma das providências tomadas foi a realização de um faxinaço para identificar o que é importante estar na escola, o que pode ser reaproveitado e o que precisa ser descartado, observando todos os ambientes.

Para Margarete Sousa, vice diretora do CMEI, a participação da Avante foi fundamental nessas transformações. “A formação nos apoiou nesse deslocamento, a ter um olhar mais amplo. A formadora da Avante trouxe provocações, nos ajudou a pensar o protagonismo da criança e a semente que foi plantada nesse processo vai germinar, não vamos abrir mão de continuar estimulando as mudanças, no tempo de cada profissional, sempre em parceria com cada educadora”, disse.

Além das formações no chão da escola, realizadas em 21 instituições, 786 gestores e coordenadores pedagógicos, de 393 instituições da Rede, se encontraram mensalmente para discutir Relações, espaços e tempos de qualidade na Educação Infantil, mediados pela equipe de formadores da Avante e especialistas convidados.