Notícias

Movimento Roda Gigante promove protagonismo infantil pela garantia de direitos

04/11/14 09:12 - Notícias

4 de novembro de 2014

Movimento Roda Gigante proporciona protagonismo infantil pela garantia de direitosBrincadeiras, conversas, histórias e mobilização em prol dos direitos da infância movimentaram o Centro Histórico de Salvador (praça do Santo Antônio, além do Carmo) no último mês (outubro, mês das crianças). Promovido pelo Movimento Roda Gigante, o evento acontece desde 2011 em prol da visibilidade da primeira infância e do fortalecimento da Semana Nacional de Prevenção da Violência contra este público (anualmente, entre 12 e 18 de outubro). O encontro no Santo Antônio foi a 3ª edição do evento e este ano foi marcado pelo protagonismo dos integrantes do Grupo de Crianças do Calabar que arregaçou as mangas e envolveu os passantes em uma enquete sobre o uso de castigos físicos na educação.

Durante a tarde de sábado, nove crianças do Calabar, participantes do projeto Infâncias em Rede, uniram-se aos mediadores do Festival Internacional de Artes Cênicas da Bahia (FIAC) e outras crianças que estavam na Praça do Santo Antônio para atividades de brincadeiras, contação de histórias, desenhos e aplicação da enquete sobre a Lei Menino Bernardo (lei 11.523/2007 – Lei da Palmada).  Para muitas dessas crianças foi a primeira oportunidade de visitação ao Centro Histórico e o reconhecimento de mais um espaço público possível de ser ocupado pelo público infantil. Para Mônica, 8 anos, ter ido para praça foi muito divertido, mas “o que mais gostei foi ter feito a enquete”, ressalta.

“A enquete foi feita coletivamente, e foi aplicada pela primeira vez no Santo Antônio, depois disso já fizemos uma aplicação no Calabar. Esta semana (03 a 07 de novembro), as crianças do grupo irão fazer a análise dos dados coletados”, conta Ivanna Castro, consultora da Avante – Educação e Mobilização Social e consultora técnica do projeto Infâncias em Rede que organizou o grupo como forma de desenvolver e articular estratégias de participação infantil a partir da escuta e consulta da primeira infância – crianças até 6 anos. As crianças preencheram 35 enquetes durante as atividades do Movimento Roda Gigante e gostaram tanto que, segundo a consultora do Infâncias em Rede, não queriam mais parar. “Em conversa com o grupo, todos disseram que foi muito bom o passeio, que o momento mais legal foi a enquete e as brincadeiras na praça, como pular corda e construção de um barangadam pelo FIAC”.