Notícias

I Seminário Inter Redes traz especialistas de diversas partes do país para discutir os direitos da Primeira Infância

29/10/13 15:45 - Notícias

29 de outubro de 2013

Banner programção seminário

Avante – Educação e Mobilização Social, em parceria com a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República – SDH/PR e o Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente – CONANDA, promove o I Seminário Inter Redes Primeira Infância Cidadã. O evento, que acontece no dia 31 de outubro, a partir das 8h30, no teatro do Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia (IRDEB), contará com a participação de especialistas de diferentes estados brasileiros que compartilharão suas experiências, desafios e oportunidades no trabalho em prol da promoção, defesa e garantia dos direitos das crianças até seis anos.

Maria Thereza Marcilio (BA) inicia as discussões como mediadora da mesa: Atuação em Redes: Possibilidades e desafios na garantia de direitos das crianças pequenas. Thereza é mestre em educação pela Harvard University e gestora institucional da Avante. A mesa em questão contará com a participação de: Elisabeth Lima (PE) – médica, mestre em saúde pública e coordenadora do comitê executivo do Programa Mãe Coruja Pernambucana; Claudio Soriano (AL) –doutor em pediatria pela Universidade de São Paulo (USP), presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (CEDCA), superintendente de Políticas para a Criança e o Adolescente da Secretaria Estadual da Mulher, Cidadania e Direitos Humanos de Alagoas e representante da Rede Estadual Primeira Infância (REPI) do Alagoas; e Eleonora Ramos (BA) representante da Rede Nacional não Bata, Eduque.

Ainda no turno da manhã, a mesa: De Olho na Política: Os Planos de Primeira Infância e as Estratégias para Garantia de uma Primeira Infância com Direitos será mediada por José Humberto (BA), doutor em Educação pela Unicamp, especialista em Sistemas de Garantias de Direitos e técnico de monitoramento do projeto Primeira Infância Cidadã (PIC). A mesa será composta por: Maria Thereza Marcilio (BA); Nayanna Brettas (DF) – Formada em ciências sociais pela PUC-SP com mestrado em Sociologia da Infância pelo Instituto de Estudos da Criança da Universidade do Minho (Potugal). Gerente dos projetos: Bibliotecas para Primeira Infância e Brincalendo, pelo Instituto Brasil Leitor. Consultora da Fundação Abrinq nos projetos Jovens Mediadores de Leitura e Jeitos de Aprender na Educação Infantil, e coordenou o projeto de escuta das crianças com a Secretaria de Estado da Criança do Distrito Federal para a elaboração do Plano Distrital pela Primeira Infância. Também estará na mesa, Saionara Martins (BA) – representante da Secretaria Municipal de Educação de Irará.

Participação Infantil

A criança é capaz de fazer escolhas e expressar suas opiniões políticas? Será que a sociedade tem tratado as crianças como sujeitos de direitos? Estas são algumas das questões relacionadas á participação infantil nas tomadas de decisões públicas e será assunto principal da tarde do dia 31. Ana Marcilio (BA), psicóloga, especialista em primeira infância e coordenadora do projeto Primeira Infância Cidadã (PIC) mediará a mesa Estratégia de Fomento à Participação Infantil: O Olhar do Adulto.

A mesa mediada por Ana Marcilio contará com a participação de: Ana Paula Rodrigues (RJ) – especialista em Violência Doméstica pela Universidade de São Paulo (USP). Atua há 12 anos na Fundação Xuxa Meneghel onde já foi coordenadora do Programa de Atendimento Integrado e, hoje, é coordenadora do Programa de Redes e Incidência Política. Coordena o Projeto da Rede + Crianca desde a sua implantação.

A mesa contará ainda com a participação de Lia Mattos (MS) – Coordenadora do Espaço Imaginário que atua como um centro de cultura da infância. Coordena o Projeto Memórias do Futuro – Olhares da Infância Brasileira (www.memoriasdofuturo.com.br).  Pós Graduada em Arte Educação, Cultura brasileira e Linguagens artísticas contemporâneas pela Universidade Federal da Bahia – Núcleo Belas Artes. E com a colaboração de Moana Van de Beuque (RJ) – cientista social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e mestre em Sociologia e Antropologia pela mesma universidade. Tem experiência de pesquisa e gestão em projetos culturais e sociais, assim como em docência. Coordena o Projeto Criança Pequena em Foco, desenvolvido pelo Centro de Criação da Imagem Popular (CECIP).

O Olhar da Criança

A mesa Os Caminhos Apontados pelas Crianças Para a Garantia de Seus Direitos promete ser um dos pontos altos do seminário. Composta apenas por crianças, a mesa abordará questões relacionadas a diferentes aspectos da realidade brasileira, tais como diversidade, política, segurança, mobilidade, entre outros. Fernanda Pondé – Especialista em Psicologia Social em Grupos Operativos de Pichón Riviére por meio do Núcleo de Psicologia Social da Bahia. Ex coordenadora de grupos de educadores do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), e grupos de formação de educadores em diversos projetos sociais, tais como o Consórcio Social da Juventude. Trabalha no Projeto Infâncias em Rede, promove brincadeiras e conversas com grupos de crianças sobre os direitos da criança, será o único adulto presente para fazer a mediação que contará com a participação de Ynauyry (BA) 11 anos – morador da aldeia Xandó em Porto Seguro, participou da Rio + 20, do Lançamento da Rede + Criança em Curitiba e do II Colóquio sobre Segurança e Direitos Humanos na PUC (RJ) falando das dificuldades da sua aldeia, e dos direitos violados, como a falta de uma escola decente na aldeia, preconceitos e a falta de professores mais preparados. Além disso, lançou uma campanha por uma escola decente.

Sérgio Eleutério (RJ) 12 anos estará ao lado de Ynauyry na mesa. Sérgio participa de oficinas socioeducativas na Fundação Xuxa e é membro do grupo mobilizador da Rede + Criança, representando os centros urbanos e periferias. Além deles, dois representantes do GT de Proteção da Rede de Protagonistas em Ação de Itapagipe (REPROTAI) irão apresentar suas experiências de participação política nos bairros da Cidade Baixa, em Salvador.