Notícias

GT da RNPI entrega carta pedindo maior participação das crianças no Conanda

14/12/15 15:14 - Notícias

14 de dezembro de 2015

GT da RNPI entrega carta pedindo maior participação das crianças no ConandaIntegrantes do GT de Participação Infantil da Rede Nacional Primeira Infância presentes no “Encontro Pela Absoluta Prioridade da Criança e do Adolescente”, em Brasília, entregaram ao vice-presidente do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda), Fabio Paes, uma carta defendendo a importância e pedindo mais espaços de participação infantil nas ações e atividades do Conselho.

Durante uma das plenárias, Fabio Paes agradeceu a carta e convidou o GT para participar do planejamento da metodologia da Conferência Nacional dos Direitos das Crianças e Adolescentes, que acontecerá em abril de 2016.

A carta elaborada pelo GT de Participação Infantil também lista desafios e princípios éticos para que as metodologias de escuta respeitem a especificidade das crianças, desde a primeira infância.

“Entende-se que a participação das crianças nas tomadas de decisão contribui para a qualidade das atividades e projetos voltados para elas, já que são as maiores conhecedoras de sua realidade. O processo para essa participação deve ser feito com metodologias adequadas, respeitando as diferentes faixas-etárias e demais singularidades, e contribui para reforçar o sentimento de pertencimento comunitário dos pequenos, assim como pode ser considerado como uma importante experiência formativa no campo político”, diz um trecho da carta, entregue por Moana van de Beuque, do CECIP – Centro de Criação de Imagem Popular, Nayana Brettas, do Criacidade, Ariadyne Acunha, do Aldeias Infantis SOS, e Gustavo Amora, da Comova, integrantes do GT de Participação Infantil da RNPI, e Claudius Ceccon e Maria Mostafa, da Secretaria Executiva da RNPI / CECIP. Além dos presentes, o GT de Participação Infantil é integrado pelas seguintes organizações: Avante, Fundação Xuxa Meneghel, Espaço Imaginário, Mapa da Infância Brasileira e IFAN – Instituto da Infância.

Encontro pelo Absoluto Direito das Crianças e Adolescentes

Durante o encontro em Brasília, os integrantes do GT conseguiram ajudar a propiciar um espaço de expressão e participação das crianças, que não estava inicialmente previsto. As crianças presentes fizeram desenhos mostrando como gostariam que fosse o encontro, falaram que gostariam que tivessem mais espaços vazios, para não fazer nada, para descansar. E disseram que querem falar “mesmo que seja errado”. Veja no vídeo abaixo Kelvin Rodrigues Gomes e Samira Silva de Carle, de São Paulo, apresentando as sugestões das crianças para o evento.

O Encontro Pela absoluta prioridade da criança e do adolescente é uma realização do Conanda e a Secretaria Especial de Direitos Humanos do Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos, e reuniu mais de 400 pessoas em Brasília entre os dias 8 e 10 de dezembro, com o objetivo de fortalecer o processo de preparação para a X Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, marcada para abril de 2016.

 

Fonte: RNPI.