Notícias

Economia Solidária ganha vida na feira

26/02/14 17:02 - Notícias

26 de fevereiro de 2014

Avante – Educação e Mobilização Social inicia mais um projeto na Linha de Formação para o Trabalho, o É Dia de Feira Solidária. O projeto visa à formação de um empreendimento associativo solidário dentro da Feira de São Joaquim que aproveite os refugos oriundos da própria Feira.  A inciativa atende à demanda do Sindicato dos Feirantes e da Associação dos Feirantes e conta com o apoio da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte da Bahia (SETRE), através do edital de Apoio a Projetos na Área de Reciclagem.

O É dia de Feira Solidária tem duração de dois anos e foi construído a partir de diálogos frequentes entre a Avante e os representantes da Associação e do Sindicato, Nilton Ávila e Marcílio Costa. Atualmente encontra-se em sua primeira fase, que inclui diagnóstico, planejamentos e ações de mobilização e sensibilização da comunidade feirante sobre economia solidária. A segunda fase do projeto terá início no segundo semestre deste ano, quando serão desenvolvidas atividades de formação técnica e gerencial do grupo produtivo.

Para realizar o projeto a Avante conta com sua experiência na área de economia solidária, reconhecida a partir de projetos como Grãos e Florescer, que contribuíram para a formação de empreendimentos associativos solidários na cidade de Salvador.

Empreendimento solidário

Um empreendimento solidário gera recursos a partir de recursos próprios. Nessa perspectiva, o grupo produtivo que será formado na Feira de São Joaquim através do projeto É Dia de Feira Solidária aproveitará os refugos da Feira para gerar recursos monetários e não monetários para a própria comunidade feirante.

Além de beneficiar a comunidade feirante de forma direta, o grupo produtivo solidário da Feira de São Joaquim atua dentro de uma lógica de cooperação, igualdade, liberdade, autonomia e respeito ao meio ambiente, além de diversificar o comércio local e reforçar o caráter turístico da Feira.