Notícias

Descobrimos as cigarras do CMEI Fúlvia Rosemberg

05/05/17 11:40 - Notícias

5 de maio de 2017

A experiência de plantar novas mudas na área externa do CMEI Fúlvia Rosemberg, em Maceió (AL), Rede parceira do Paralapracá, fez germinar outras possibilidades de exploração do mundo, quando a educadora Edjane descobriu uma cigarra no tronco de uma das árvores. O resultado foi um mergulho no mundo das cigarras, com contação de histórias e um estudo sistemático sobre o inseto, pelo grupo de crianças do berçário.

 

REGISTRO
Por: Rozana Bandeira

Vamos plantar na área externa? Educadoras e crianças foram plantar as novas mudas de plantas trazidas pelas famílias e adultos do CMEI Fúlvia Rosemberg, na área externa da frente, onde há alguns balanços e redes para brincar. A educadora Edjane descobriu uma cigarra no tronco de uma das árvores e decidiu mostrar às crianças que lá estavam. Logo elas se interessaram pela descoberta e iniciaram uma “chuva de perguntas” sobre o inseto encontrado.

Descobrimos, junto com as crianças, vários ovos eclodindo nos galhos, assim resolvemos recolher os exoesqueletos deixados pelas cigarras nos troncos das árvores e levamos para observarem na Praça do CMEI. Diante do interesse das crianças, decidimos estudar, sistematicamente, sobre os “segredos das cigarras”. Dessa forma, levamos para o espaço de referência do berçário, a clássica fábula da Cigarra e da Formiga.

Foi um novo momento de descoberta, pois observaram o esforço do trabalho da Cigarra e da Formiga. Todo material coletado passou a ser investigado pelo grupo de crianças do berçário e, aos poucos, passou a ser um foco para novas indagações e a imaginação delas.