Notícias

Construindo novas infâncias: “Encontro de Ludicidade” conscientiza famílias sobre a importância do brincar

28/11/17 11:08 - Notícias

28 de novembro de 2017

Quanto mais estudam as etapas de desenvolvimento infantil, mais os especialistas afirmam que o brincar é imprescindível para as crianças. E muito embora esses estudos sejam divulgados, nem sempre estão acessíveis a um público muito importante desse processo: as famílias, em especial aquelas em situação de vulnerabilidade social, que acabam sem se dar conta do quanto essa linguagem merece atenção especial. Essa realidade levou o projeto Estação Subúrbio a organizar o “Encontro de Ludicidade’, para sensibilizar as famílias da Ocupação Quilombo do Paraíso sobre a importância do brincar para a saúde das crianças e para a diminuição da violência comunitária.

Realizado no dia 11 de novembro, em Colinas de Periperi, o Encontro foi um dia muito rico de partilhas, em que as famílias, em sua maioria representadas pelas mulheres, puderam ter um espaço de fala e escuta, compartilhando histórias pessoais de como foi a própria infância. “Foi muito importante, eu aprendi muitas coisas. A gente precisa observar mais as crianças, ter um pouco mais de paciência”, explicou dona Maria que, apesar de ser responsável pelos netos Tainá e Tauan Cerqueira, disse que passa pouco tempo com eles.

Os familiares refletiram não só sobre a importância do brincar, mas sobre as relações violentas entre as crianças, entre crianças e famílias, e se elas repetem comportamentos que veem em casa. “É muito importante que os familiares adultos repensem as suas próprias estratégias de resolução de conflitos, para encontrar recursos mais pacíficos, pois as crianças inseridas num cotidiano violento acabam reproduzindo esse comportamento nas suas próprias relações”, ressalta Fernanda Pondé, a psicóloga social que atua no projeto.

Mão na massa

Depois do bate-papo sobre o brincar, a manhã foi finalizada com a criação de um plano de ação para melhorar o ambiente na comunidade para as crianças. Nesse momento, ideias que já vinham sendo pensadas pelas crianças participantes do projeto serviram de base para as propostas dos adultos. Assim, foram escolhidas três grandes ações: a construção de uma brinquedoteca; de uma horta comunitária; e de uma praça de convivência com balanço e gangorra.

Definidas as ações, chegou a hora de colocar a mão na massa. Pela tarde, a comunidade arregaçou as mangas, fazendo a limpeza da área escolhida e a retirada do lixo e do mato existentes. Uma mudança simples, mas que vai ressignificar não só a Ocupação, mas a vida de muitas crianças e adolescentes que moram ali, muitas vezes sem espaço para uma infância saudável, guiada pelas brincadeiras e a imaginação.

E isso é só a primeira parte do trabalho, que segue com um mutirão, no dia 09 de dezembro, para dar continuidade às ações planejadas.

O olhar das crianças

Quem lê sobre o Encontro de Ludicidade, pensa até que tudo aconteceu da noite para o dia. Mas não se engane! O evento é resultado de um longo processo, iniciado há cinco meses. Após muitas atividades de reflexão acerca da importância do brincar na infância, e como recurso para a diminuição da violência comunitária, o grupo de crianças da Ocupação foi convidado a pensar sobre quais mudanças gostaria de ver na comunidade em que moram.

Para atingir o objetivo, primeiro construíram um mapa da comunidade e marcaram quais os lugares que elas ocupavam para brincar. “Depois saímos em caminhada pela Ocupação para observar o espaço e perceber quais eram as necessidades. Os relatos apontaram a necessidade de limpeza, balde de lixo, retirada do mato, construção de um balanço, de uma brinquedoteca e uma piscina. Esse momento foi registrado para ser compartilhado com os adultos da comunidade, que foram convocados a participar do Encontro de Ludicidade, para pensar sobre a importância do brincar para seus filhos”, explica Fernanda Pondé.

Tudo isso faz parte da estratégia do Estação Subúrbio – nos trilhos dos direitos para a redução da violência comunitária, especialmente no que se refere às crianças e adolescentes. Executado pela Avante – Educação e Mobilização Social, em parceria com a organização alemã Kindernothilfe (KNH), o projeto atua no Subúrbio Ferroviário de Salvador até 2021, com ações nos bairros de Plataforma e Periperi.

Participe dessa ação e CONTRIBUA com a construção da brinquedoteca

Doe brinquedos, livros infanto-juvenis, tintas, pincéis, prateleiras e outros mobiliários. Em bom estado!

Contatos: 71 3332 3344 / avante @avante.org.br

Entregas:  Travessa Baependi, 222 – Ondina, Salvador/BA, CEP: 40170 090