Notícias

Conhecer o perfil das famílias: um caminho para a participação na Educação

27/11/19 16:52 - Notícias

27 de novembro de 2019

Entre os dias 25 e 29 de novembro aconteceu a “semana D” na cidade de Paulista (PE), uma ação que tem como objetivo conhecer o perfil das famílias dos alunos da Rede Municipal de Educação, da Educação Infantil à Educação de Jovens e Adultos. Durante esses dias os técnicos pedagógicos trabalharam com a meta de envolver 2.000 famílias das unidades de ensino, divididas em 5 polos, o que corresponde a 10% dos pais/responsáveis pelos estudantes matriculados na Rede.

O município, que já possuía um projeto de aproximação com as famílias vem, desde maio de 2019, sendo assessorada pela Avante – Educação e Mobilização Social por meio da Tecnologia relação escola- família-comunidade, parte do programa Melhoria da Educação, do Itaú Social. A necessidade de conhecer mais esse público para promover uma maior participação nas escolas surgiu a partir dos dados levantados pelo Diagnóstico da Relação escola – família – comunidade realizado na Rede Municipal. “Nós colaboramos sugerindo a pesquisa, que foi abraçada prontamente pelo município. Propusemos, então, o questionário, que foi avaliado, editado e reconstruído em coautoria com as profissionais do município”, disse Judite Dultra, consultora associada Avante. Léa Ribeiro da Silva, coordenadora de articulação comunitária e interlocução escolar em Paulista, afirma que “essa pesquisa vai subsidiar todo o planejamento daqui pra frente, porque ela traz o perfil cultural, o perfil acadêmico, número de filhos, renda. Então, ela será muito importante para a gente entender quem é esse personagem, quem é essa família”, disse.

Para Léa, “esse é um dos pontos altos da Tecnologia. A gente está muito empolgada com a construção desse perfil, com boas expectativas a respeito disso. A partir desse diagnóstico acredito que vamos conseguir alavancar muitas ações para e com as famílias”. Esse ano a Avante realizou formações com os diretores e supervisores (coordenadores pedagógicos) de todas as escolas da rede municipal, com a equipe técnica da secretaria municipal de Educação, além de monitoramento semipresencial das atividades em trono da tecnologia. Em 2020 as formações continuam e incluem família, lideranças comunitárias e estudantes. 

O Projeto visa o fortalecimento da integração família-comunidade-escola e a melhoria da aprendizagem dos estudantes. O primeiro passo foi a realização do mapeamento dos mecanismos de participação e controle social, tomando por base o estudo de caso realizado em duas escolas da rede: uma que oferece Educação Infantil (pré-escola), Ensino Fundamental I e II – Escola Municipal Cônego da Costa Carvalho; e outra que atende apenas à Educação Infantil – CEMEDI Tio Roberto. Foram escutados gestores e supervisores das duas escolas, professores, trabalhadores da educação, familiares dos alunos, líderes comunitários, além de estudantes do Fundamental II e um grupo de crianças de quatro anos.