Notícias

Comunidade de Aprendizagem prepara gestores para ampliação do projeto em Fortaleza

11/10/17 10:03 - Notícias

11 de outubro de 2017

Uma aprendizagem dialógica, cuja proposta é desenvolvida a partir de uma articulação com toda a comunidade (escola e seu entorno) pela melhoria da aprendizagem instrumental e da convivência. Esse é o princípio disseminado na Rede Municipal de Educação de Fortaleza (CE), há dois anos, por meio do projeto Comunidade de Aprendizagem, de iniciativa do Instituto Natura, executado no município pela Avante – Educação e Mobilização Social.

Para garantir o fortalecimento e a perenidade desse processo, gestores municipais participam da formação sobre o Comunidade de Aprendizagem, realizada pela Avante, a partir de uma ação estratégica da Secretaria Municipal da Educação (SME). “O objetivo dessa ação é ampliar o conhecimento dos gestores escolares em torno dos princípios de comunidade de aprendizagem, e assim, contribuir para que o município alcance a meta de ser tornar uma cidade educadora até 2025. Além disso, fortalecer as escolas em processo de implementação e fomentar uma rede de apoio e troca de experiências entre escolas antigas no processo e as novas”, explica Carolina Duarte, consultora associada da Avante e coordenadora do projeto na instituição.

Discutindo a dimensão instrumental e a solidariedade, o segundo módulo formativo reuniu, no dia 20 de setembro, 80 gestores, sendo 60 diretores escolares que estão implementando o projeto, 10 que já integravam a iniciativa, além de 10 técnicos da SME, na Assembleia Legislativa. Na ocasião, foram apresentados os Grupos Interativos, uma Atuação Educativa de Êxito (AEE) que propõe a organização da aula em grupos heterogêneos, em que a comunidade media as interações, o professor organiza as atividades e atende as necessidades dos estudantes, que por sua vez, interagem e colaboram para que todos aprendam.

Iniciadas em agosto, as formações são uma série de cinco encontros mensais, sendo os dois últimos no mesmo mês. O próximo será dia 19 de outubro, sob o tema “Criação de Sentido e Igualdade de Diferenças”, com a apresentação da Atuação Educativa de Êxito Modelo Dialógico de Prevenção e Resolução de Conflitos. As formações são ministradas por Ana Luiza Buratto, vice-presidente da Avante, Carolina Duarte, coordenadora do projeto, Gláucia Borja e Rita Margarete, consultoras associadas da instituição, todas formadoras certificadas pelo Comunidade de Aprendizagem.

O projeto contribui para o cumprimento da Meta 19 do Plano Nacional de Educação (PNE), em referência à efetivação da gestão democrática da educação, e também no Plano Municipal de Educação de Fortaleza, que se traduz na intenção de tornar Fortaleza uma cidade educadora.

Atuação Educativa de Êxito

As atuações educativas de êxito (AEE) são práticas voltadas para a transformação educacional e social, formando a base do Comunidade de Aprendizagem. Criado nos anos 1990 pelo Centro de Investigação em Teorias e Práticas de Superação de Desigualdades (CREA), da Universidade de Barcelona, na Espanha, o projeto visa atingir uma educação de êxito para todas as crianças e jovens, com base no conhecimento acumulado pela comunidade científica internacional e em colaboração com os principais autores e autoras de diferentes disciplinas.

Como ser uma Comunidade de Aprendizagem

Depois de uma pesquisa feita na Europa, identificou-se que as AEE funcionam em qualquer contexto educacional e social, o que possibilitou ser disseminado mundialmente. Atualmente, além da Espanha, está presente na Argentina, Colômbia, no Chile, México, Peru e Brasil – país com o maior número de comunidades (269). Em Fortaleza são dez comunidades.