Notícias

Brincadeira Solidária Doe seu brinquedo

10/10/12 09:36 - Notícias

10 de outubro de 2012

 

No sábado, dia 6, no Campo Grande, o Roda Gigante deu partida à Campanha Brincadeira Solidária: Doe um Brinquedo no Mês da Criança. A ação, que vai durar todo mês de outubro, fez parte do I Festival de Economia Solidária Florescer, realizado pela Avante – Educação e Mobilização Social, secretaria executiva da Rede Nacional Primeira Infância (RNPI). A primeira doação foi realizada pela socióloga Sônia Bandeira. Segundo ela, foi a experiência de ser avó que a fez ir ao supermercado comprar alguns brinquedos e doá-los.

“Fiquei sabendo da campanha por uma amiga e quis participar. Tenho quatro netos e sei a importância da brincadeira para o desenvolvimento das crianças”, disse. Seu ato, além de simbólico, por ter sido a primeira doação da campanha, teve o efeito de influenciar outros doadores.

A atitude da socióloga influenciou sua irmã Regina Bandeira, que também foi ao Campo Grande para ver o I Festival de Economia Solidária Florescer, que decidiu participar da campanha. “Vê-la fazer o esforço de sair de casa exclusivamente para comprar um presente que vai para uma criança que ela nem vai saber quem é, me animou a fazer o mesmo. Acho que é uma bela ação”, disse.

A campanha busca o fortalecimento de brinquedotecas comunitárias e espaços públicos comunitários. As doações poderão ser entregues durante os eventos do Roda Gigante nos dias 06, 20, 27 e 29/10 ou de segunda a sexta, das 9 às 18h, na sede da Avante-Educação e Mobilização Social (Travessa Baependi, 222, Ondina, Salvador/ BA – Tel.71 3332.3344). Vale lembrar que livro infantil também é brinquedo.

Roda Gigante leva coral e brincadeira para o Festival

Outra participação do movimento no I Festival Florescer de Economia Solidária foi através do Coral Infantil da Escola Municipal de Periperi. O movimento ofereceu a atração para o público presente no Campo Grande, que aplaudiu ao final da apresentação. Os 32 meninos cantaram dez canções infantis e religiosas. “Achei uma coisa linda! Ouvia os meninos cantar e fiquei olhando para a praça com todo aquele movimento de pessoas preocupadas como mundo. Cheguei a me emocionar”, conta professora Francisca Medeiros, se referindo às pessoas que trabalham com economia solidária e estavam expondo seus produtos no Festival.

As crianças do coral emocionaram, mas também se divertiram. O Roda Gigante disponibilizou para elas e para todas as outras crianças que estiveram no festival um sem número de brincadeiras. Até uma tenda foi montada para servir de espaço de diversão. Nela, as crianças puderam pintar e expor suas expressões artísticas.

Matias, de cinco anos, foi um dos que aproveitaram a estrutura de diversão oferecida pelo Roda Gigante para brincar na tarde ensolarada de sábado. Sua mãe, Eliana Veloso, caixa de supermercado, moradora do Alto das Pombas, parabenizou a iniciativa. “Vim para ver um desfile de moda aqui no Festival e achei muito legal ter encontrado entretenimento para meu filho”, comentou. Entre todas as brincadeiras, Matias gostou mais de pintar e expor suas pinturas na tenda do Roda Gigante. “Acho que ele tem talento para artes”, comentou a mãe.