Notícias

Boaventura: Uma vida pela educação e garantia de direitos

23/09/18 09:24 - Notícias

23 de setembro de 2018

É com muito pesar que a Avante – Educação e Mobilização Social recebe a notícia de falecimento do professor Edivaldo Boaventura. Conselheiro consultivo da Avante desde a instituição do referido conselho à época da fundação da instituição, há mais de 20 anos, o escritor e professor da Universidade Federal da Bahia (UFBA) nos deixou (22/08/2018), aos 84 anos, um legado de contribuições ao país construído ao longo de uma trajetória dedicada à educação, ao direito, às ciências sociais, ao jornalismo e á cultura.

Edivaldo Boaventura presidiu a Academia de Letras da Bahia (2007 e 2011) e teve sua trajetória reconhecida pelo governo de Portugal em junho deste ano (2018), quando foi condecorado com a Ordem da Instrução Pública no grau de Comendador, pelos serviços prestados à educação e cultura nos dois países de língua portuguesa.

Toda a equipe da instituição tem muito orgulho em ter contado com a participação do professor Edvaldo Boaventura em seu Conselho Consultivo, que é composto por pessoas de reconhecido conceito na área de atuação da Avante. Os conselheiros têm como função: contribuir para a formulação de orientações estratégicas da instituição, para a divulgação e a disseminação das ações junto à sociedade em geral; colaborar na análise da performance institucional e dar parecer sobre o relatório de atividades.

Assim, ao longo dos cinco anos em que o professore integrou o nosso quadro, pudemos contar com a sua experiência de vida e seus conhecimentos acumulados a partir das suas conquistas e experiências pessoais como Bacharel em Direito e em Ciências Sociais pela Ufba; sua passagem como cursista no Instituto International de Planificação de Educação/UNESCO, em Paris; como mestre e PhD em Educação pela The Pennsylvania State University, nos Estados Unidos; e como diretor-geral do jornal A TARDE (1996). Ele ocupou também o cargo de secretário de Educação e Cultura da Bahia (1970/1971 e 1983/1987), sendo responsável pela criação da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), credenciamento da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) e forte influenciador na criação da Universidade Estadual do Sudoeste Baiano (UESB) e Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC).

Nossos sentimentos à família e amigos e toda nossa gratidão a esse cidadão, que fez de sua vida um exemplo de atuação por um país mais digno.