Notícias

Avante apoia nota pública contra andador infantil

02/09/13 00:00 - Notícias

2 de setembro de 2013

downloadA Avante – Educação e Mobilização Social assina nota pública contra o andador infantil e fortalece as vozes da sociedade civil organizada que se mobilizam contra a fabricação e venda do tradicional instrumento utilizado como apoio no aprendizado do ato de andar dos bebês. Os andadores infantis vêm sendo sistematicamente combatidos por médicos da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), que deram início a uma campanha para bani-los do país amparados em estatísticas de acidentes graves ocorridos com bebês em fase de aprendizagem do ato de caminhar. O pedido oficial para banimento do instrumento foi publicado em janeiro deste ano.

Esta mobilização já vem ocorrendo em várias partes do Mundo. No Canadá a comercialização do produto foi proibida desde 2007, na Europa estas manifestações já acontecem desde 2008. Segundo o sistema europeu de alerta sobre produtos perigosos, entre 2010 e 2013, foram registrados quase uma centena de andadores classificados como “risco grave” em diversos países da Europa. No Brasil, testes realizados pelo Inmetro e divulgados em agosto deste ano, mostraram que as dez marcas analisadas foram reprovadas.

Diante destes dados, que evidenciam a ineficiência e falta de segurança que os andadores trazem para os bebês, a sociedade civil organizada traz ao conhecimento público a nota que será entregue às autoridades competentes, tai como Ministério Público e para conhecimento e apoio à causa de seguridade familiar.

Além da Avante, mais 14 instituições assinam a Nota Pública, a Associação de Assistência à CrianE