Notícias

#20anosAvante O poder da ação voluntária fortalecida

29/08/16 16:57 - Notícias

29 de agosto de 2016

Boas parcerias fomentam transformações. Quando o poder de articulação e visão estratégica entra em cena, essa transformação acontece em cadeia. Foi assim com a Avante – Educação e Mobilização Social e o Instituto C&A por meio do seu Programa Voluntariado, uma ação que tem buscado, desde a criação do Instituto, em 1991, promover e qualificar a ação voluntária de associados das lojas C&A Modas, no entorno onde a empresa atua. Do encontro dessas duas instituições, crianças e jovens foram os mais beneficiados por meio de apoio a creches e bibliotecas comunitárias; ações de fomento à leitura e formação de mediadores de leitura.

A premissa do Programa Voluntariado do Instituto C&A é fomentar entre os funcionários a cultura da participação social e da vida comunitária. A Avante, como instituição parceira na formação para fortalecimento da ação voluntária, mais uma vez fez uso da sua capacidade de articulação para potencializar a ação voluntária que resultou na criação de duas bibliotecas comunitárias e ampliação de outras sete.

Rita Margarete, consultora associada da Avante, que na época ficou à frente das formações do programa em Salvador e Feira de Santana é, também, autora de uma pesquisa (mestrado) intitulada “Programa de Voluntariado empresarial: que espaço educativo é esse”, que teve como objeto da pesquisa a ação do Instituto C&A. “Eu entendo o voluntariado do Instituto C&A como um espaço formativo, o Instituto sempre investiu na formação dos seus associados para o voluntariado não ter caráter filantrópico ou assistencialista”, conta.

A Avante começou a fazer parte dessa história no início dos anos 2000 e deu início a mais um capítulo dos #20anosAvante. Na ocasião, a instituição atuava no apoio à criação da Associação de creches e pré-escolas comunitárias e filantrópicas de Salvador (ACREDITE). O projeto fortaleceu cerca de 15 creches comunitárias.

“Àquela altura os voluntários atuavam em várias frentes, utilizando seus saberes do senso comum como principal ferramenta. Então, a gente sugeriu ao Instituto C&A a participação deles [voluntários] nas formações. E a prática do grupo era nas creches da ACREDITE. Lá, ao invés de lidar diretamente com as crianças, participavam das reuniões que fazíamos para fortalecer as creches, aprendendo a lidar com embates e a fazer mediação”, conta Ana Luiza Buratto, consultora associada fundadora da Avante, que coordenou a ação do ACREDITE à época.

Até esse ponto não havia uma política formativa dos voluntários das lojas C&A e a atuação era definida conforme demanda das instituições e públicos identificados por eles. A experiência com a formação da ACREDITE contribuiu para aperfeiçoamento do programa de voluntariado do Instituto C&A. A parceria entre a Avante e o Instituto, marcada por um dialogo aberto e escuta ativa, teve continuidade com o “Colo Pedagógico” e com o Programa Prazer em Ler.

Colo Pedagógico

Na estruturação do seu programa de voluntariado, o Instituto C&A, visando a formação continuada dos voluntários, lança o “Colo pedagógico”.  Entre as instituições convidadas para atuar como formadora estava a Avante.

Os encontros formativos eram realizados nas sedes das lojas, muitas vezes com a participação de gerentes. Os voluntários identificavam uma instituição de educação para atuar e, apoiado pela Avante, faziam um diagnóstico e planejavam a ação, a partir de estudos e reflexões, levando sempre em consideração a cultura local.

Prazer em Ler

A Avante, que já vinha numa articulação local, disseminando em seus projetos, como o Consórcio Social da Juventude, a experiência com o voluntariado do Instituto C&A, cria uma forma própria de incentivo ao voluntariado e elabora o projeto Jovens em Ação, que instigava os jovens a intervirem para melhorias na sua comunidade. Dai nasce o projeto para criação da biblioteca Comunitária do Calabar. A parceria com o Instituto C&A, por meio dos voluntários e do programa Prazerem Ler, foi fundamental para criação e manutenção da biblioteca, por quatro anos.

A criação desta biblioteca e a articulação com outras sete bibliotecas comunitárias deu origem à Rede EMredando Leituras, dando continuidade a parceria da Avante com o instituto, desta vez com foco na formação de mediadores de leitura e  fomento à  formação de leitores. A Rede tornou-se projeto referência em Salvador do Programa Prazer em Ler do Instituto C&A.