Notícias

#20anosAvante direitos da primeiríssima infância

31/01/17 15:12 - Notícias

31 de janeiro de 2017

Maria Lucia Peçanha_Site

 Compreender a criança até três anos como sujeito do seu desenvolvimento é o cerne da abordagem pedagógica Pikler-Lóczy. Sob uma perspectiva mais autônoma dos bebês, a abordagem, que leva em consideração as características desse momento tão peculiar da vida humana, é tema de estudo da Avante – Educação e Mobilização Social e seus princípios têm sido elementos importantes na construção das metodologias de formação de educadores da Educação Infantil da instituição ao longo dos últimos 10 anos. “Quando você lida com uma criança com a compreensão de que ela é um ser competente, você fica muito mais observando, do que fazendo. E estou falando de crianças pequenas. Por exemplo, numa creche, o mais comum é ver o adulto com o vício de andar com uma criança com as mãos dadas, partindo de uma não crença que o bebê pode desempenhar essa tarefa, nas suas condições”, revelou Maria Lucia Peçanha, especialista em bebês e membro-fundadora da Rede Pikler Brasil.

A fala de Lucia Peçanha foi proferida na palestra Diálogo sobre Lóczy promovida pela instituição em 2013. O evento entrou para a história dos #20anosAvante e foi fruto de uma parceria entre a Avante e  especialista, que vem colaborando para inserir os postulados defendidos por essa abordagem, desenvolvida no Instituto Lóczy em Budapeste, logo depois da Segunda Guerra Mundial. “A instituição surgiu apostando na esperança”, analisa Lucia Peçanha.

A especialista teve o primeiro contato com a Avante durante o Seminário Internacional Educando Crianças de 0 a 3 Anos: A Experiência de Lóczy, promovido em 2010 pela Central de Cursos da instituição, que trouxe Sônia Kliass, sócia fundadora Associação Pikler – Hengstenbert, da Cataluña. “Conheci a Avante por um desses acasos. Interessada em me aprofundar nas ideias de Emmi Pikler [pediatra que coordenou a instituição entre 1946 e 1979, elaborando uma nova referência de atenção à criança pequena] sobre os cuidados e o desenvolvimento dos bebês e da criança pequena, saio eu, com a diretora da creche comunitária que fundei em Niterói [RJ], para um mergulho profundo e calmo com uma estudiosa vinda da Cataluña. Mas o que senti, desde o primeiro instante, foi a enorme sustentação e certeza da equipe que promovia o curso: a Avante”.

Lucia Peçanha recorda esse primeiro contato como um momento regado a “sorrisos acolhedores, conversas amenas e promessas de novos encontros”. As crianças de 0 a 3 anos foram o elo forte dessa parceria, que viria a se firmar ao final de uma palestra realizada por Lucia Peçanha no Mato Grosso do Sul, ao ser surpreendida pelo convite de uma das consultoras associadas da Avante, Mônica Samia. “Ela chegou e disse que meus saberes não poderiam ficar só para mim. Que faríamos algo grande e juntas!”.

De um lado, a Avante na busca pela concretização de sua missão, de contribuir para a formação do cidadão, pela educação e o desenvolvimento de tecnologias de intervenção social, visando à garantia dos direitos sociais básicos e ao fortalecimento da sociedade civil, desde a primeiríssima infância (0 a 3 anos). Do outro, Lucia Peçanha, estudiosa incansável do tema, dedicada a aprofundar e espalhar seus conhecimentos em palestras, cursos e redes.

Frutos:

 O primeiro fruto dessa parceria foi o encontro de aprendizagem e vivência dos princípios da abordagem Pikler-Lóczy, organizado pela Avante e intitulado Diálogo sobre Lóczy. Lucia Peçanha compartilhou conhecimento com mais de 50 profissionais da educação entre pedagogas, psicólogas, professoras e estudantes universitárias. No evento, foi divulgado o VII Trocando em Miúdos Intercâmbio Internacional (2014), também promovido pela instituição com o objetivo de proporcionar uma imersão de educadores brasileiros nas rotinas da Associação Pikler-Lóczy, em Paris e na Associação de Mestre Rosa Sensat, em Barcelona. Ambas, reconhecidas internacionalmente pelo emprego de abordagens calcadas na autonomia e no desenvolvimento da criança até três anos, além da importância histórica do trabalho desenvolvido em períodos ditatoriais em seus respectivos países.

“Fui contaminada: palestra em Salvador, viagem para Paris e Barcelona para trocar em miúdos o cuidado com a primeiríssima infância, e há dois anos, o sonho dos sonhos, a participação na construção de uma política pública com crianças da rede municipal de Salvador, com a elaboração dos referenciais curriculares à luz das ideias de Pikler! Um tremendo trabalho, que envolveu noites e dias sem parar, para dar conta da tarefa. Agora, que está pronto, com os materiais de apoio e as trocas sendo feitas com as educadoras da Rede, é só júbilo!”, conta a especialista, referindo-se à elaboração de materiais voltados às crianças pequenas (creche) da Rede Municipal de Salvador [Referencial Curricular para Educação Infantil de Salvador, Agenda da Creche, Pranchas para profissionais das creches, Diário da Família e Álbum de Desenvolvimento] por meio do Programa Nossa Rede (Educação Infantil), da Secretaria Municipal de Salvador, realizado em parceria técnica com a Avante.

“Sei que o nome da Avante tem um começo de história bonito, já escutei muitas narrativas das tremendas educadoras que fundaram e colaboram com essa organização. Porém, a minha grande certeza é que a Avante me fez descobrir forças e capacidades adormecidas em mim. O meu orgulho é tremendo de poder colaborar em algumas ações dessas mestras sonhadoras e fazedoras! Meu sincero reconhecimento pelo bem que me fizeram”, disse Maria Lucia Peçanha.